A lista dos meus desejos – Grégoire Delacourt

la-liste-de-mes-enviesEm A lista dos meus desejos, Grégoire Delacourt conta a história de Jocelyne, dona de um armarinho na pequena cidade de Arras, mãe de dois filhos já adultos e casada com Jocelyn. Desde o começo do livro, sabemos que a relação entre o casal não é mais, se é que já foi, de paixão juvenil. Jo gosta de sua rotina, de seu trabalho e do trabalho de Jocelyn. Mas ela também se lembra de sua adolescência, quando sonhava em ser estilista e não dona de um armarinho.

A mãe de Jo faleceu quando a filha era ainda jovem, seu pai vive hoje em um asilo e tem problemas de memória. Seu amparo fora do casamento se resume às gêmeas que são donas do salão de cabeleireiros em frente ao seu armarinho. Enquanto as gêmeas jogam sempre na loteria e sonham com uma mudança drástica de vida, Jo assiste à sua vida com uma satisfação morosa.

O ponto de conflito do livro será o dia em que Jo resolve acompanhar as gêmeas e joga na loteria, mas não na mais alta, ela nunca aspiraria ao prêmio mais alto, seja na loteria ou na vida. Toda a calmaria de Jo pode mudar quando ela descobre ser a única ganhadora de 18 milhões de euros.

Dividida entre seus pequenos desejos (uma bolsa nova, um tapete para o quarto da filha, uma TV de tela plana para o marido) e o medo de transformar radicalmente sua vida, Jo guarda o cheque e espera para tomar uma decisão. Durante essa espera, ela pensa muitas vezes sobre o que o dinheiro pode trazer, o que ele pode comprar, sobre desejos realizados e sobre o que nos leva a seguir vivendo. Mas a espera é quebrada por um acontecimento inesperado, que fará com que Jo reavalie a toda sua rotina.

O livro é todo construído em capítulos e frases curtos. Eles fazem um contraponto à possível docilidade de Jo – e o livro quase se enverga para o lado contrário, do amargo. A vida familiar aparece em seus momentos mais duros, uma morte inesperada, a dificuldade de lidar com seu luto ao mesmo tempo em que outras pessoas o sentem, a relação de pai e filha, mas também em momentos de ternura, como quando a filha mostra seu primeiro trabalho para a mãe. O livro utiliza a divisão familiar da felicidade, mais amarguras que belezas.

Deixar de se identificar com a personagem de Jo é possível, existe uma passividade pouco típica do romance, ela recebe as ações mas dificilmente às protagoniza, mesmo sendo a narradora do livro. Contudo, isso não significa que seja possível ficar indiferente às ações praticadas pelos personagens, toda uma carga sentimental é mobilizada no leitor enquanto lê o livro.

Para mim foi um livro inesperado. Não necessariamente bom, mas portador de uma indicação de aquietação que me fez bem. Recomendo.

Mais um livro que tento ler em francês e português para construir vocabulário (expliquei como faço isso nesse vídeo). Ouvi o audiobook enquanto lia em francês, e depois de algumas páginas lia o mesmo trecho em português. Bem, posso dizer que achei a linguagem desse livro mais difícil que o da Amélie Nothomb que li. Nada impossível, mas me exigiu um pouco mais e tive que recorrer mais à tradução brasileira.

Grégoire Delacourt

Grégoire Delacourt

Capa A lista dos meus desejos.indd

  • Título original: La liste de mes envies
  • Tradutora: André Telles
  • Editora: Alfaguara
  • Lançamento: 2013
  • Número de páginas: 152
Anúncios

6 pensamentos sobre “A lista dos meus desejos – Grégoire Delacourt

  1. Pingback: Leituras e compras: resumo de setembro em vídeo | ao rés do chão

  2. Oi Luara, estou na metade do livro e estou achando a leitura um pouco díficil. Li La Délicatesse antes e achei bem mais fácil do que esse.

    Estou gostando da leitura mas essa passividade da Jo me incomoda bastante.

    bjos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s